Estádio Serra Dourada

Estadio Serra Dourada

Procure o que você precisa:
Quinta, 28 de Maio de 2020
Destaque Home Notícia
Serra Dourada recebe jogadores que fizeram a primeiro jogo
09/03/2020 10h45 - Atualizado em 09/03/2020 10h57

O Serra Dourada completa 45 anos de sua fundação neste dia 9 de março de 2020. Três dos jogadores que participaram do primeiro jogo do maior palco do futebol goiano estiveram no local para relembrar aquela data em 1975. Ex-jogadores do Goiás, o trio formado pelo volante Matinha, o meia Lucinho e o atacante Linconl fez parte da Seleção Goiana, que venceu a Seleção de Portugal por 2 a 1, no dia 9 de março de 1975.

No encontro, os ex-jogadores se emocionaram ao relembrar as histórias do futebol goiano, principalmente daquela tarde de domingo, em que começou a ser escrita a história do Serra Dourada. O primeiro gol do Serra Dourada foi do português Octavio, deixando os visitantes em vantagem.


Seleção Goiana no jogo de inauguração do Serra Dourada_9 de março de 1975_ Seleção Goiana 2 x 1 Portugal

VIRADA

Na sequência o selecionado goiano empatou com Linconl, o “Leão da Serra”, que disparou de perna esquerda da intermediária, fazendo a festa de 76.718 pagantes. “Tive o privilégio de proporcionar a primeira grande explosão de alegria do Serra Dourada, que estava completamente abarrotado naquela tarde (76.718 pagantes), e foi uma grande festa. Foi o nosso gol de empate, depois nós viramos. Esse estádio é um lugar muito especial e que me traz grandes recordações”, relembrou Linconl, que posteriormente comemorou dois títulos de Campeonato Goiano no Serra Dourada, em 1975 e 1976, sendo artilheiro da competição nas duas edições.

No segundo tempo, Tuíra, que havia entrado no decorrer do jogo, decretou a virada para a seleção goiana, finalizando o placar em 2 a 1. Outro jogador que saiu do banco e ajudou na virada foi o meia Lucinho, também do Goiás. O ex-jogador ficou impressionado com a torcida goiana, que esqueceu da rivalidade dos clubes para torcer pelo estado. “A torcida da inauguração do estádio foi bonita demais. Estava lotado, não tinha espaço nem pra mais um mosquito na arquibancada. Ali não importava quem era Goiás, Vila Nova, Atlético ou Goiânia, estava todo mundo vibrando junto”, ressaltou.

Outro integrante do time esmeraldino na década de 70, o volante Matinha enaltece a inauguração do Serra Dourada, e relembra a sensação de entrar pela primeira vez no estádio recém-construído. “O Estádio Olímpico já estava ficando pequeno para o futebol goiano, não só para o Goiás, mas também para os outros times. O primeiro jogo que nós tivemos aqui foi inesquecível, era coisa de outro mundo, um gramado perfeito, um estádio gigante. Foi um dia marcante para a história do futebol goiano”, decretou.

O jogador também relembrou de outros grandes jogos que realizou no maior palco do futebol goiano. “Eu era um volante que marcava muito, mas também saía para o jogo. Jogando pelo Goiás, tive a oportunidade de atuar contra os melhores jogadores do Brasil na década de 80. Marquei o Zico, Toninho Cerezo, Paulo Isidoro e muitos outros”, ressaltou Matinha.

No jogo de inauguração, o selecionado goiano, comandado pelo técnico Paulo Gonçalves, foi escalado com Nilson; Lucio Frasson, Macalé, Alexandre Neto e Lula; Matinha e Piorra; Fernandinho, Paghetti, Linconl e Raimundinho. Lucinho e Tuíra entraram no segundo tempo.

Avenida "B", s/nº - Estádio Serra Dourada - Jardim Goiás - CEP:74805-100 - Goiânia-GO

© Copyright 2011. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento